Oito benefícios do treinamento para a carreira internacional

Fonte EVCOM 23/01/2014 às 22h

Por Leda Lu Muniz*

Pesquisas científicas mostram que a aprendizagem “acontece” quando experimentamos, interagimos, vivenciamos. A prática facilita o aprendizado, o conhecimento intelectual, o desenvolvimento de habilidades e atitudes e estimula o espírito de equipe e a visão estratégica.

Durante a Semana de Estudos na ONU, listo abaixo oito benefícios deste treinamento para a carreira internacional.

1- Aprendizagem – a prática facilita o aprendizado

Ter a oportunidade de conhecer o centro nervoso das Organizações das Nações Unidas em Genebra, na Suíça, é uma chance ímpar de vivenciar dentro de cada organização a troca de experiências com altos funcionários, especialistas e diplomatas no seu dia a dia de trabalho, além de expandir os horizontes em várias áreas do conhecimento com uma visão holística.

2- Desenvolvimento de habilidades e atitudes

Experimentar se comunicar em outro idioma, vivenciar códigos de conduta de um outro país e cultura, vivenciar o dia a dia de trabalho e atividades como se fosse um morador local, expandem nossas conexões e memória, abrindo em nós possibilidades ainda desconhecidas.

3- Espírito de equipe

Pensar em grupo, priorizar o bem do grupo, agir em grupo e com o grupo. Priorizar o “nós” ao invés do “eu”.

4- Visão estratégica

Enxergar anos à frente. Onde você vai querer estar daqui a três, cinco anos?

Quais estratégias podem ser absorvidas e incorporadas hoje para atingir seu objetivo?

5- Vivência

A vivência motiva, transforma, abre novos horizontes, oferece diferentes perspectivas e possibilita novas oportunidades. Para alguns, é o ponto de partida para a escolha de um novo caminho. Para outros, uma mudança de rumo. Para cada um, mesmo em diferentes momentos da vida, é um marco de descobertas profissionais e pessoais.

6- Conhecer sobre assuntos de várias áreas

Você já pensou ao ir ao supermercado comprar um refrigerante ou um chip de telefone, que cada marca, de cada produto, obedece a uma regulamentação distinta e que existem critérios de registros para cada uma delas no país de origem e internacionalmente? Durante a Semana de Estudos visitamos a WIPO (Organização Mundial para a Propriedade Intelectual) para entender sobre marcas, patentes, direitos autorais e a interação entre a iniciativa privada e pública.

Você já pensou que o comércio dos produtos citados acima são regulamentados por normas e rodadas de negociações em que os representantes da cada país votam para que as barreiras alfandegárias sejam viáveis? Na OMC (Organização Mundial do Comércio), os participantes da Semana de Estudos aprendem como funciona o âmbito do Comércio internacional, com “cases” exemplificativos das rodadas de negociação.

Tem ideia de como são regulamentadas as Telecomunicações em âmbito internacional? Na visita ao ITU (União Internacional das Telecomunicações), além de aprender sobre a história das telecomunicações, a visita ao ICT Discovery possibilita manusear a mais alta tecnologia de maneira lúdica e interessante.

7- Ter conhecimento do que acontece no mundo

Você tem ouvido no noticiário que a situação dos refugiados na Síria é alarmante? Na visita ao UNHCR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) aprendemos sobre o trabalho jurídico e de ajuda humanitária para aliviar o sofrimento dos refugiados em várias partes do mundo.

Você sabia que a energia solar pode resolver situações de emergência em locais distantes para populações de risco, onde não há infraestrutura? Na Organização Mundial da Saúde (OMS), os participantes da Semana de Estudos foram convidados especiais para assistir à apresentação de uma empresa fabricante de geradores (carregados com energia solar), que conseguem abastecer com energia os hospitais e acampamentos em países da África, possibilitando assim que equipamentos hospitalares e cirúrgicos possam ser utilizados.

8- Participar na mudança de paradigmas

Você já ouviu falar em “Economia Verde”? Objetivos de Desenvolvimento para o Milênio? Desenvolvimento Sustentável?

Quer ser pró-ativo para tornar o mundo melhor para as próximas gerações? Comece agora.

*Leda Lu Muniz – Pedagoga e socióloga graduada pela Universidade de São Paulo, Mestre em Sociologia da Comunicação pela Universidade “La Sapienza” (Roma) e especialista em Política Internacional pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Atualmente presta consultoria para empresas e instituições públicas nas áreas de Comunicação, Relações Internacionais, Pesquisa Social e de Mercado. É idealizadora e Coordenadora do Projeto Semana de Estudos na ONU e da In Loco.biz , empresa especializada em treinamentos in loco e viagens de estudos. Fala sobre carreira internacional, relações internacionais e recursos humanos

Fonte EVCOM 23/01/2014 ás 22h